Tesouro Direto

O Tesouro Direto é uma maneira prática e democrática de investir seu dinheiro. É um programa do governo federal que permite que pessoas físicas comprem títulos públicos, de forma 100% online.

Uma ótima opção para investidores de todos os perfis, pois oferece:

  • Liquidez diária: os títulos públicos do Tesouro Direto podem ser resgatados a qualquer momento, após o prazo de carência da aplicação.
  • Baixo risco de Crédito: os títulos públicos do Tesouro Direto são emitidos pelo governo federal, o que os torna um investimento de baixo risco.
  • Rentabilidade: Os títulos públicos do Tesouro Direto, são alternativas tanto para quem busca obter retornos alinhados com os alguns índices financeiros, como para quem tenta identificar oportunidades de longo prazo, que podem surgir com distorções de curto prazo.

Tipos de Títulos do Tesouro Direto

O Tesouro Direto oferece uma variedade de títulos públicos, com diferentes tipos de indexadores e prazos de vencimento, sendo eles:

  • Tesouro Selic: Título pós-fixado, com rentabilidade atrelada à taxa Selic. A taxa Selic é a taxa básica de juros da economia, e é definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil.
  • Tesouro IPCA+: Título pós-fixado, com rentabilidade atrelada à inflação medida pelo IPCA. O IPCA é o índice oficial de inflação do Brasil.
  • Tesouro Prefixado: Título prefixado, com rentabilidade definida no momento da compra.
  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais: Título híbrido, com rentabilidade atrelada à inflação medida pelo IPCA, acrescida de juros semestrais.
  • Tesouro Prefixado com Juros Semestrais: Título híbrido, com rentabilidade prefixada, acrescida de juros semestrais.
  • Tesouro Renda+ e Tesouro Educa+: São títulos prefixados com rentabilidades atreladas à inflação, com fluxos de pagamentos mensais, a partir da data de conversão escolhida no momento da compra.

Invista no Tesouro Direto pelo Banco Sofisa Direto

Abra sua conta no Banco Sofisa Direto e acesse os títulos disponíveis, através do menu “Investir”, na opção “Tesouro Direto”, para habilitar sua conta na B3/Tesouro e realizar seus investimentos.

Você deverá possuir saldo em conta corrente, referente ao valor da operação que deseja realizar, escolher o título que desejado, bem como o valor, de acordo com as regras de aplicação estabelecidas pelo Tesouro Direto (valor mínimo investido de R$30,00 e valor máximo investido de R$1MM ao mês).

O processo de compra é simples e rápido. Você receberá as informações e atualizações por e-mail e poderá consultar sua posição a partir do próximo dia útil da data de efetivação da operação.

Para resgatar, basta acessar o App, na opção “Carteira”, em “Ver detalhes” para consultar e selecionar o título, e quantidade que deseja vender.

O valor do resgate será creditado na sua conta corrente do Banco Sofisa Direto, no mesmo dia útil, caso sua solicitação seja realizada até as 13h. Se não, no próximo dia útil.

Se você resgatar um título público antes do vencimento, você receberá o valor do resgate acrescido dos juros acumulados até a data do resgate, que pode sofrer variação negativa ou positiva. Mas se optar em manter até a data do vencimento, você receberá o valor integral do título, acrescido dos juros acumulados até a data do vencimento.

Quais riscos posso ter no Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um investimento seguro, mas não é isento de riscos. Quais são esses riscos?

  • Risco de crédito: O risco de crédito é o risco de o governo não honrar suas dívidas. Esse risco é baixo, pois o governo brasileiro tem uma boa história de pagamento de suas dívidas. Esses títulos não contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito – FGC. No entanto, é importante lembrar que nenhum investimento é 100% seguro.
  • Risco de mercado: O risco de mercado é o risco de perdas decorrentes da flutuação nos preços dos títulos. Esse risco é maior para títulos com prazos mais longos, pois eles são mais sensíveis às mudanças nas taxas de juros e na inflação. A perda financeira, ocorre em cenários de venda antecipada dos títulos em momentos em que as taxas no momento de saída antecipada estão mais altas do que quando foram adquiridos.  
  • Risco de prazo: O risco de prazo é o risco de perdas decorrentes da flutuação na Duration dos títulos. A Duration é uma medida do prazo que se leva para recuperar o valor investido, acrescido dos juros. Quanto maior a Duration, maior o risco de prazo.
  • Risco de liquidez: O risco de liquidez é o risco de dificuldade de vender os títulos no mercado secundário. Esse risco é menor para títulos mais líquidos, ou seja, aqueles que são mais negociados no mercado. 

Esta instituição é aderente ao código da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais) de Regulação e Melhores Práticas para Atividades de Distribuição de Produtos de Investimentos. 

Entenda melhor o Tesouro Direto:

  • A taxa de custódia é um valor cobrado pela B3, semestralmente, em janeiro e julho. No entanto, ela também pode ser cobrada na venda antecipada e encerramento de posição. É calculada sobre o saldo total de suas aplicações no Tesouro Direto, com alíquota de 0,20% ao ano.
  • O IOF é um imposto cobrado sobre operações financeiras, como saques em conta corrente, compras parceladas e investimentos. No Tesouro Direto, a cobrança de IOF segue as mesmas regras de outros investimentos: tributação regressiva para aplicações de até 29 dias.
  • O Imposto de Renda é um tributo cobrado sobre o rendimento de pessoas físicas e jurídicas. No caso do Tesouro Direto, o Imposto de Renda é cobrado no momento do resgate, sobre os rendimentos do período em que o título esteve aplicado. A alíquota do Imposto de Renda no Tesouro Direto é regressiva, ou seja, quanto mais tempo o título estiver aplicado, menor será a alíquota. A cobrança é automática, realizada pelo Banco Sofisa na hora do vencimento ou resgate.

Você pode acompanhar através do App do Banco Sofisa Direto, na opção “Carteira”, no card Tesouro Direto, e selecionar “Ver detalhes”. 

As aplicações e os resgates podem ser feitos em dias úteis, em horário comercial, das 9h30 às 18h. Nesse horário, os preços e taxas são operados no momento da transação.

Finais de semana e feriados: Das 18h às 5h, nos finais de semana ou feriado, os preços e taxas exibidos do Tesouro Direto, são apenas para referência. Você pode realizar investimentos e resgates, mas serão considerados os preços e taxas de abertura do mercado do próximo dia útil.

Manutenção do sistema: Nos dias úteis, das 5h às 9h30, o sistema do Tesouro Direto fica em manutenção. Nesse horário, não é possível realizar aplicações ou resgates.

Investimentos Sofisa Direto

CDB e Renda Fixa

Com o CDB você investe com segurança e com rentabilidade superior a poupança, além de ter flexibilidade de prazos e modalidades.

LCI e LCA

Invista sem Imposto de Renda e com segurança.

Fundos de Investimentos

É a melhor forma de diversificar seus investimentos. Invista através de uma gestão especializada nos melhores fundos do mercado.

Rota Financeira

Aqui no Sofisa Direto você conta com um Robô de Investimentos único, com uma inteligência artificial que ajuda a traçar o melhor caminho para seu dinheiro render mais.

Aqui no Sofisa Direto você conta com o exclusivo Robô Financeiro, uma inteligência artificial que te ajuda a traçar o melhor caminho para o seu dinheiro render mais!

Tire suas dúvidas (FAQ)

No momento do resgate será cobrado o Imposto de renda, somente sobre o rendimento e de acordo com o prazo no qual o valor permaneceu aplicado. A tabela em vigor estabelecida pela Receita Federal é:

– até 180 dias o tributo é de 22,5%;

– de 181 a 360 dias o tributo é de 20%;

– de 361 a 720 dias o tributo é de 17,5%;

– acima de 720 dias o tributo é de 15%.

Você paga menos impostos quando deixa seu dinheiro por mais tempo aplicado. O valor creditado em sua conta, ao final do investimento, já é descontado do valor tributado. Anualmente será disponibilizado o informe de rendimentos para que você possa preencher corretamente sua declaração de imposto de renda, como em qualquer outra conta de seu outro banco.

A cobertura total por instituição é de até R$ 250 mil por CPF, independentemente do número de contas que você possuir.

O valor excedente não está coberto. No caso de contas conjuntas, o valor da garantia é limitado a R$ 250 mil, ou ao saldo da conta quando inferior a esse limite, dividido pelo número de titulares, sendo o crédito do valor garantido feito de forma individual.

São objeto da garantia proporcionada pelo FGC os seguintes créditos:

– Depósitos à vista;

– Depósitos em contas correntes de valores para investimento;

– CDB;

– LCA;

– LCI;

– Depósitos de poupança;

– Depósitos a prazo;

– Outros.

Canal Sofisa Direto

Blog Sofisa Direto

Dicas para você investir melhor

Atenção: O Banco Sofisa Direto não envia e-mails, SMS com links ou solicitações de recadastramento de informações. Sempre acesse diretamente o site ou aplicativo do Sofisa Direto.

Em caso de dúvidas, entre em contato através dos nossos canais de atendimento.